Em artigo, Irmã Doraildes Matos ressalta a vida e os exemplos de fé e determinação de Madre Anastasie – fundadora da Congregação das Irmãs Dominicanas de Nossa Senhora do Rosário de Monteils

Alexandrine Conduché, uma criança muito pobre, nasceu no dia 17 de novembro de 1833, em Compeyre, pequena cidade do sul da França. Filha de Marie-Jeanne Artières e Joseph Conduché, tornou-se Madre Anastasie.

Desde criança, Madre Anastasie era muito sensível, justa e demonstrava uma inteligência notável. Sempre disposta a ajudar qualquer um que precisasse. Com apenas 14 anos, iniciou sua vida de educadora. Foi uma professora dedicadíssima. Irradiava luz, acolhida, simplicidade e, sobretudo, bondade. 

Mais tarde, foi morar em Bor, com seu tio, o Padre Gavalda. Em 1849, fundou a Congregação das Irmãs Dominicanas de Nossa Senhora do Rosário de Monteils, inspirada por São Domingos de Gusmão.

Em 30 de março de 1850, na França, a Congregação foi oficializada. 

Formou religiosas como professoras e seus ideais influenciam até hoje a educação Anastasia-Dominicana.

Em 25 anos de vida religiosa, Madre Anastasie fundou, onde havia analfabetismo, 25 escolas que atendiam  meninos e meninas, famílias e adultos. Esse era o diferencial da época. 

Madre Anastasie faleceu na tarde de um domingo de Páscoa, em 21 de abril de 1878. A congregação deu continuidade a esse legado e se espalhou pelo mundo. 

Em 1885, as Irmãs foram convidadas pelos padres dominicanos a virem para o Brasil, onde o momento histórico registrava grandes mudanças no cenário nacional. Seguindo a vocação, aceitaram o desafio de atravessar o oceano e, com muita fé e coragem, o primeiro grupo de religiosas chegou a Uberaba, Minas Gerais. Tinham um projeto missionário: ser, no seio das famílias, instrumento de pregação e divulgação da fé. A primeira escola fundada no Brasil foi o Colégio Nossa Senhora das Dores, em Uberaba.

Em Araxá, as Irmãs Dominicanas chegaram em setembro de 1926. Atuaram, inicialmente, na área da saúde e, a partir de 1928, na área da educação. Nascia o Colégio São Domingos. 

Hoje, no Brasil, são oito escolas confessionais que atendem alunos buscando a excelência  na educação pautada nos valores Anastasianos-Dominicanos: espiritualidade, acolhida, solidariedade, estudo, regularité, justiça, verdade e sustentabilidade.

Neste ano, comemoramos, com muita alegria, os 190 anos do nascimento desta grande mulher que dedicou sua vida com muito empenho para uma educação transformadora, ajudando a formar cidadãos comprometidos com a construção do Reino, revelado por Jesus, através da misericórdia, da caridade e da educação de  jovens autônomos e protagonistas para atuarem na construção da sua felicidade, sua realização, sua forma de ajudar a melhorar o mundo.

Irmã Doraildes Matos

Congregação das Irmãs Dominicanas de Nossa Senhora do Rosário de Monteils

Fontes consultadas: 

1. “Volta às fontes: estudo histórico sobre as origens da Congregação das Irmãs Dominicanas de Monteils” de Cathérine Mounier – 1992

Biografia de Madre Maria Anastasie (Segundo o Padre Bernadot e o Padre Lajeunie)

2. “Vida e Obra de Madre Marie-Anastasie: Percursos de Amor e Bondade” de Maria de Lourdes Rossi Remenche e Miriam Cristina Ferreira Gulin – Curitiba/2008

Posts Relacionados

1ª REUNIÃO DE PAIS 2024

1ª REUNIÃO DE PAIS 2024

1ª REUNIÃO DE PAIS - COLÉGIO SÃO DOMINGOS Infantil 1, 2 e 3 Data: 29/01/2024 Horário:18h Local:...

Aulão Enem – sucesso!

Aulão Enem – sucesso!

O Colégio São Domingos realizou, no dia 28 de outubro, o Aulão ENEM, uma oportunidade para...

SIPAT no CSD

SIPAT no CSD

No período de 06 a 09 de novembro, aconteceu no Colégio São Domingos a SIPAT - Semana Interna de...

Novidades no CSD para 2024

Novidades no CSD para 2024

O Colégio São Domingos celebra, em 2023, noventa e cinco anos de existência. Esta jornada...

Aulão ENEM gratuito no CSD

Aulão ENEM gratuito no CSD

O Colégio São Domingos (CSD), em Araxá, está oferecendo uma oportunidade imperdível para...